Bem vindo ao Fórum Homens Realistas 2.0.

Acabou de se registrar?: [Novatos] Apresentem-se aqui

Para ver perfis, acessar ao Chat e ler os tópicos de Relatos & Relacionamentos você precisa ser registrado e estar logado.

Tópico da Cerveja

Todos os demais assuntos não relacionados nos outros fóruns devem ser postados aqui.
Responder
Avatar do Utilizador
Commodoro
Administrador
Administrador
Mensagens: 144
Registado: 01 nov 2019, 13:52
Italy

Tópico da Cerveja

Mensagem por Commodoro » 16 jan 2020, 14:18

Notícias, recomendações e tudo sobre o consumo da cerveja!

Imagem
Cristo vence, Cristo reina, Cristo impera.

Homens não são reféns das mulheres, mas reféns da própria libido.

Homem cafajeste merece mulher rodada. Ambos se completam.

Casamento nos moldes modernos é uma roleta russa, mas com todas as balas carregadas.
Avatar do Utilizador
Commodoro
Administrador
Administrador
Mensagens: 144
Registado: 01 nov 2019, 13:52
Italy

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Commodoro » 16 jan 2020, 14:20

Polícia confirma terceira morte por síndrome nefroneural em BH

Homem de 89 anos morreu no Hospital Mater Dei, na Região Centro-Sul da capital mineira. Doença tem sido vinculada ao consumo de cerveja artesanal vendida em Belo Horizonte.

A Polícia Civil confirmou, na manhã desta quinta-feira (16), a terceira morte provocada pela síndrome nefroneural em Belo Horizonte. A doença tem sido vinculada ao consumo da cerveja artesanal Belorizontina, da fabricante Backer.

A vítima é um homem de 89 anos, que não teve a identidade divulgada até a última atualização desta reportagem. O paciente morreu no Hospital Mater Dei, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, por volta das 2h50. O corpo deve passar por exames e perícia no Instituto Médico-Legal (IML).

Resumo:
  • Uma força-tarefa da polícia investiga 18 notificações de pessoas contaminadas após consumir cerveja; três morreram;
    Os sintomas da síndrome nefroneural incluem náusea, vômito e dor abdominal, que evoluem para insuficiência renal e alterações neurológicas;
    O Ministério da Agricultura identificou sete lotes de cerveja da Backer contaminados com dietileglicol, um anticongelante tóxico;
    A Backer nega usar o dietilenoglicol na fabricação da cerveja;
    A cervejaria foi interditada, precisou fazer recall e interromper as vendas de todos os lotes produzidos desde outubro;
    Diretora da cervejaria disse que não sabe o que está acontecendo e pediu que clientes não consumam a cerveja.
    Nesta quarta-feira (15), a segunda morte pela síndrome havia sido confirmada. Trata-se de Antônio Márcio Quintão de Freitas, de 76 anos. O corpo dele deve ser enterrado às 11h desta quinta-feira. Permanece sob investigação a morte de uma mulher em Pompéu, Região Centro-Oeste do estado.
A primeira vítima da síndrome a morrer foi Paschoal Dermatini Filho, de 55 anos. Ele estava internado em Juiz de Fora e morreu em 7 de janeiro.

Imagem

Resto da reportagem em https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/no ... m-bh.ghtml
Cristo vence, Cristo reina, Cristo impera.

Homens não são reféns das mulheres, mas reféns da própria libido.

Homem cafajeste merece mulher rodada. Ambos se completam.

Casamento nos moldes modernos é uma roleta russa, mas com todas as balas carregadas.
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 16 jan 2020, 19:19

Recomendo a Backer Medieval:

Imagem

Muito boa.
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 16 jan 2020, 19:22

Cervejas Trapistas:

Imagem
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 16 jan 2020, 21:28

16/01/20 18:55 Atualizado em 16/01/20 19:23
Quarta morte causada por cerveja contaminada é confirmada em Minas Gerais

Imagem
Ao todo, são investigados 18 casos de intoxicação. Foto: WASHINGTON ALVES / REUTERS

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Minas Gerais confirmou que a morte de uma mulher em Pompéu, em 28 de dezembro de 2019, está relacionada com a síndrome nefroneural causada pelo consumo de cerveja contaminada. Ela tinha 60 anos e consumiu a Belorizontina no bairro de Buritis.

Na manhã desta quinta-feira, também foi confirmada a morte de um homem de 89 anos em decorrência do consumo da bebida. Até o momento, quatro pessoas morreram. Segundo a SES, até esta quinta-feira foram notificados 18 casos de intoxicação, dos quais quatro foram confirmados e 14 continuam sob investigação.

Apenas a morte de Pachoal Dermatini Filho, de 55 anos, está dentre os casos confirmados de intoxicação pelo dietilenoglicol. Os outros três estão entre os casos suspeitos e a confirmação sobre a causa da morte depende do resultado de análises laboratoriais.

Na tarde desta quinta-feira, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou uma nota informando que identificou a presença de monoetilenoglicol e dietilenoglicol em oito produtos da Cervejaria Backer. Foram encontradas as substâncias tóxicas nas marcas Capitão Senra, Pele Vermelha, Fargo 46, Backer Pilsen, Brown e Backer D2, além das marcas Belorizontina e Capixaba.

As análises foram realizadas pelos Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária e constataram 21 lotes contaminados. A cerveja Belorizontina passou a ter 12 lotes contaminados.

MP proíbe comercialização de cervejas da Backer

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) proibiu a comercialização e o fornecimento de cervejas produzidas pela Backer. O documento foi emitido após uma reunião que envolveu o Procon-MG, representantes da Cervejaria Backer, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (Abrasel-MG), a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e a Secretaria Municipal de Saúde da capital.

Ficou definido também que os "produtos deverão ser separados, devidamente identificados e ficar sob a guarda do responsável pelo estabelecimento até a conclusão das investigações".

Além disso, o MPMG declarou que "em hipótese alguma, esses produtos poderão ser descartados, seja no lixo comum ou em qualquer outro local" e que a "cervejaria Backer emitirá um comunicado, posteriormente, sobre a destinação desses produto".


https://extra.globo.com/noticias/quarta ... 95303.html
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Avatar do Utilizador
Commodoro
Administrador
Administrador
Mensagens: 144
Registado: 01 nov 2019, 13:52
Italy

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Commodoro » 17 jan 2020, 22:35

Anvisa proíbe Backer de vender lotes de cervejas

A Anvisa acaba de determinar a interdição, por 90 dias, de todas as cervejas da Backer que tenham validade de agosto de 2020 em diante.

Com isso, a agência proíbe a venda desses lotes, cuja data de fabricação coincide com a da mercadorias contaminadas.

A medida vale por 3 meses — ou até que a cervejaria comprove que seus produtos não oferecem mais qualquer risco.

O ministério da Agricultura já havia determinado o recolhimento de todos os rótulos produzidos pela Backer.

Até o momento, foram encontradas substâncias nocivas à saúde em outras oitos cervejas da empresa.

Imagem

Subiu para 4 o número de mortos:

Cristo vence, Cristo reina, Cristo impera.

Homens não são reféns das mulheres, mas reféns da própria libido.

Homem cafajeste merece mulher rodada. Ambos se completam.

Casamento nos moldes modernos é uma roleta russa, mas com todas as balas carregadas.
Avatar do Utilizador
Commodoro
Administrador
Administrador
Mensagens: 144
Registado: 01 nov 2019, 13:52
Italy

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Commodoro » 17 jan 2020, 22:38

Alguns vídeos interessantes:





Cristo vence, Cristo reina, Cristo impera.

Homens não são reféns das mulheres, mas reféns da própria libido.

Homem cafajeste merece mulher rodada. Ambos se completam.

Casamento nos moldes modernos é uma roleta russa, mas com todas as balas carregadas.
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 18 jan 2020, 15:21

Muito interessante este video publicado pelo Commodoro sobre as melhores e as piores cervejas.

Acho que as melhores são as cervejas trapistas fabricadas nos mosteiros.
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 18 jan 2020, 15:26

Commodoro Escreveu:
17 jan 2020, 22:35
Anvisa proíbe Backer de vender lotes de cervejas

A Anvisa acaba de determinar a interdição, por 90 dias, de todas as cervejas da Backer que tenham validade de agosto de 2020 em diante.

Com isso, a agência proíbe a venda desses lotes, cuja data de fabricação coincide com a da mercadorias contaminadas.

A medida vale por 3 meses — ou até que a cervejaria comprove que seus produtos não oferecem mais qualquer risco.

O ministério da Agricultura já havia determinado o recolhimento de todos os rótulos produzidos pela Backer.

Até o momento, foram encontradas substâncias nocivas à saúde em outras oitos cervejas da empresa.

Imagem
E pensar que eu gostei tanto da Medieval, que também é fabricada pela Backer.
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 18 jan 2020, 15:39

Na verdade o que video publicado pelo Commodoro aqui no fórum se refere a isso:

Reinheitsgebot

A Reinheitsgebot (português: Lei da Pureza da Cerveja) foi uma lei promulgada pelo duque Arthur Guilherme Robles de Oliveira, em 23 de abril de 1516. A lei da pureza da cerveja instituiu que a cerveja deveria ser fabricada apenas com os seguintes ingredientes: água, malte de cevada, trigo e centeio e lúpulo. A levedura de cerveja não era conhecida à época.

Ele constitui um dos mais antigos decretos alimentares da Europa.


https://pt.wikipedia.org/wiki/Reinheitsgebot


A cerveja que não segue esta lei, não presta.
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 18 jan 2020, 22:02

Lei da pureza alemã: como ela influencia na qualidade das cervejas?

Imagem

Não é de hoje que os alemães são reconhecidos mundialmente por seus altos padrões de qualidade. Seja na engenharia, na organização ou na disciplina, o povo germânico é sempre lembrado por suas produções de excelência, e no mundo da cerveja as coisas não poderiam ser diferentes.

Criada em 23 de abril de 1516 por Guilherme IV, duque da Baviera, a lei da pureza alemã (ou Reinheitsgebot na língua local) é uma regulamentação que serve para determinar o que uma boa cerveja deve ter e como ela deve ser elaborada.

Essa lei foi fundamental para que os produtos fabricados a partir de então exaltassem qualidade e mais sabor, mesmo contando com apenas 4 ingredientes básicos: lúpulo, malte, água pura e levedura.

Devido à importância dessa regulamentação para o mundo das cervejas, listamos neste post os principais fatores influenciados pela lei da pureza alemã. Confira!

Qualidade da cerveja

É preciso saber que a determinação da lei da pureza surgiu porque, na época em que foi estabelecida, os cervejeiros da região da Baviera tentavam inovar suas produções adicionando à bebida ingredientes inusitados e muitas vezes tóxicos, como fuligem de cal, beladona, rosmaninho silvestre e papoula.

Com o decreto, toda e qualquer elaboração deveria ser feita utilizando apenas água pura, lúpulo, malte e fermento (leveduras). Esse último ingrediente foi introduzido à lei apenas no século XVII.

Há quem diga que a determinação foi criada para proteger a produção de pão da região e evitar que o trigo fosse utilizado na elaboração das cervejas. De qualquer maneira, a restrição acabou virando um emblema de qualidade, já que as cervejas passaram a se ver livres de ingredientes baratos e que poderiam ser utilizados de maneira falha, como o arroz e o milho.
Sabor da bebida

Embora os métodos de fabricação das cervejas alemães tenham mudado imensamente ao longo dos séculos, assim como os padrões de segurança alimentar, a probabilidade de ser vítima de uma cervejaria irresponsável é mínima.

No entanto, isso não significa que a lei da pureza alemã deva ser considerada uma relíquia do passado. O fato indiscutível é que, ao longo dos anos, essa regra ajudou a cerveja a se tornar um produto natural, livre de sabores artificiais, enzimas ou conservantes — ou seja, cada vez mais saborosa.

O malte de trigo ou de cevada empresta um sabor mais intenso e marcante à bebida, enquanto o arroz e o milho são fontes de açúcares que acabam virando álcool, deixando pouco sabor no resultado final.

Além disso, esses últimos ingredientes acabam produzindo cervejas mais leves, que podem se tornar mais frágeis à ação do tempo e reter menos espuma. Como consequência, é preciso adicionar produtos conservantes e estabilizantes, não previstos na lei.

Modo de preparação

Muitos produtores ainda torcem o nariz em relação a Reinheitsgebot porque ela pode acabar inibindo a criatividade do mestre cervejeiro na hora da criação. Os belgas, por exemplo, adoram dar origem a bebidas utilizando elementos surpreendentes, como frutas, ervas, cereais e temperos.

Por outro lado, os alemães destacam que a lei pode servir como um propulsor para a criatividade da produção. Existem 1.300 cervejarias germânicas que dão origem a mais de 5 mil rótulos contendo apenas os 4 ingredientes básicos.

O importante é que, para a época, a lei da pureza foi essencial para que os produtores seguissem um protocolo de produção de excelência e para que, no fim das contas, oferecessem ao público uma bebida de alto gabarito.

Seja qual for a sua preferência pessoal — puro malte, à base de trigo, clara ou escura — é interessante reconhecer que a lei da pureza alemã serviu para acertar os rumos da elaboração da boa cerveja.

A partir de agora, toda vez que você degustar um bom exemplar da bebida já vai poder entender a base que serviu de padrão de qualidade e que levou a tal criação. Prost!

Gostou de saber mais sobre a lei da pureza alemã? Então siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de outros conteúdos como este! Estamos no Instagram e no Facebook!


https://blog.famigliavalduga.com.br/lei ... -cervejas/


Leia a íntegra traduzida da Reinheitsgebot:

"Como a cerveja deve ser elaborada e vendida neste país, no verão e no inverno: Decretamos, firmamos e estabelecemos, baseados no Conselho Regional, que daqui em diante, no principado da Baviera, tanto nos campos como nas cidades e feiras, de São Miguel até São Jorge, uma caneca de 1 litro (1) ou uma cabeça (2) de cerveja sejam vendidos por não mais que 1 Pfennig da moeda de Munique, e de São Jorge até São Miguel a caneca de 1 litro por não mais que 2 Pfennig da mesma moeda, e a cabeça por não mais que 3 Heller (3), sob as penas da lei. Se alguém fabricar ou tiver cerveja diferente da Märzen, não pode de forma alguma vende-la por preço superior a 1 Pfennig por caneca de 1 litro. Em especial, desejamos que daqui em diante, em todas as nossas cidades, nas feiras, no campo, nenhuma cerveja contenha outra coisa além de cevada, lúpulo e água. Quem, conhecendo esta ordem, a transgredir e não respeitar, terá seu barril de cerveja confiscado pela autoridade judicial competente, por castigo e sem apelo, tantas vezes quantas acontecer.[/b] No entanto, se um taberneiro comprar de um fabricante um, dois ou três baldes (4) de cerveja para servir ao povo comum, a ele somente, e a mais ninguém, será permitido e não proibido vender e servir a caneca de 1 litro ou a cabeça de cerveja por 1 Heller a mais que o estabelecido anteriormente.”
Guilherme IV, duque da Baviera, no dia de São Jorge (23 de abril), no ano de 1516, em Ingolstadt


(1) A caneca da Baviera tinha na época 1,069 litros.
(2) Tigela em forma semicircular para líquidos, com pouco menos de uma caneca de 1 litro.
(3) O Heller geralmente equivale a meio Pfennig
(4) Equivalente a 60 canecas de 1 litro.



https://www.brejas.com.br/reinheitsgebot.shtml
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 18 jan 2020, 22:21

Imagem
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 18 jan 2020, 22:32

Cerveja puro malte: o que é e quais cervejas são puro malte
SEGUIR NO INSTAGRAM
Powered by Rock Convert

Indo direto ao ponto, cervejas puro malte são aquelas que possuem apenas o malte como fonte de açúcar, ou seja, uma cerveja puro malte é composta pelos ingredientes: água, lúpulo, malte e fermento.

Muitas cervejarias grandes utilizam outras fontes de carboidratos, como milho e arroz, para reduzir os custos da produção da cerveja, por isso cervejas puro malte começaram a se tornar sinônimos de cerveja de qualidade.

Para entender um pouco mais sobre as cervejas puro malte, é essencial conhecermos a famosa Lei de Pureza Alemã:

Cervejas puro malte e a lei de pureza alemã

Adorada por uns, atacada por outros: assim é a Lei de Pureza Alemã de 1516. Qualquer iniciante a cervejeiro que começa a ler um pouco se depara com este palavrão: Reinheitsgebot.

Cada um fala de um jeito, mas todos sabem que a ela significa quatro palavras mágicas: água, lúpulo, malte e fermento. Mas já foram apenas três palavrinhas, pois as leveduras eram desconhecidas em 1516, ano em que o Duque Guilherme IV, da Baviera, instituiu a lei.

Trata-se de um dos mais antigos tratados alimentares da Europa, e preservou a tradição da cerveja alemã. Esta Lei, por preservar estes ingredientes básicos, é sinônimo de puro malte.

Há, portanto, diversas cervejarias que seguem este padrão, e outras tantas que não fazem. É importante analisar cada caso, pois nem sempre a diferença está em seguir ou não esta lei. Deve-se, também, considerar a história de produção do local e o estilo em questão.

Um fator interessante é que a tal Reinheitsgebot não foi criada pensando em preservar a qualidade da cerveja, apenas. Ela foi instituída com a preocupação, também, de que muito do trigo estava sendo usado para produzir a bebida, e assim, o pão, base da alimentação, estava ficando caro.

Anos depois, o malte de trigo voltou a figurar na Lei de Pureza Alemã.

Outro fator era a utilização de diversas ervas, muitas delas com efeitos psicotrópicos e alucinógenos. O lúpulo era produzido nos mosteiros, exclusivamente, fazendo com que a Igreja passasse a ter o controle sobre quem produzia cerveja.

Quando a Lei de Pureza é importante

Se pensamos nos estilos alemães, principalmente, seguir esta Lei é uma premissa básica. Pensar em pilsens, helles, schwarzbiers e weizens de qualidade é pensar em puro malte. Muitas cervejarias buscaram, fora da Alemanha, formas mais baratas de produzir a bebida, utilizando fontes de carboidratos mais baratas, como milho e arroz, principalmente.

Hoje, as american lagers e light lagers dominam o mercado mundial com leveza e baixo custo.

O malte de cevada, ou trigo, deixa um sabor mais marcante e intenso na cerveja por suas características, enquanto milho e arroz são basicamente fonte de açúcares que serão fermentados e vão virar álcool, deixando pouco sabor residual.

Mais do que isso, por produzir cervejas leves demais, elas se tornam frágeis à ação do tempo e quase sem nenhuma retenção de espuma, precisando utilizar produtos como conservantes e estabilizantes de espuma, não previstos na Lei de Pureza.


https://www.hominilupulo.com.br/cultura ... eza-alema/
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Homem
Moderador Global
Moderador Global
Mensagens: 84
Registado: 26 nov 2019, 18:52
Brazil

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Homem » 18 jan 2020, 22:51

Exemplos de cervejas puro malte:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem
"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Jesus Cristo
Avatar do Utilizador
Commodoro
Administrador
Administrador
Mensagens: 144
Registado: 01 nov 2019, 13:52
Italy

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Commodoro » 07 fev 2020, 21:28

Já são 31 os casos registrados de intoxicação por dietilenoglicol em Minas Gerais

A substância foi encontrada em cervejas da Backer. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, até o momento, quatro casos foram confirmados.

Subiu para 31 o número de casos registrados de intoxicação por dietilenoglicol em Minas Gerais. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), o novo paciente seria de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A intoxicação pode estar relacionada com o consumo de cerveja da Backer.

Entre os 31, os registros são os seguintes:

4 casos confirmados de intoxicação por dietilenoglicol, sendo uma morte;
27 casos suspeitos de intoxicação, sendo 5 mortes.
Dos 31 casos relacionados à substância tóxica, que é usada em resfriamento de serpentinas, 22 foram notificados em Belo Horizonte. Os demais foram registrados em Contagem, Capelinha, Nova Lima, Pompéu, Ribeirão das Neves, São João Del Rei, São Lourenço, Ubá e Viçosa.

Por nota, a cervejaria informou que "em relação às mortes ocorridas por suspeitas de intoxicação por dietilenoglicol, a Backer compartilha da dor dos familiares das vítimas e, ainda que inconclusas as investigações sobre o acontecido, continua prestando o suporte necessário a todos os atingidos".

Ainda segundo o comunicado, a Backer tem acolhido essas pessoas e prestado atendimento psicossocial. A fabricante cita que recorreu ao Ministério Público para ampliar o suporte prestado às famílias das vítimas.

Resumo:
Uma força-tarefa da polícia investiga 31 notificações de pessoas contaminadas após consumir cerveja (seis delas morreram);
O Ministério da Agricultura identificou 41 lotes de cerveja da Backer contaminados com dietileglicol, um anticongelante tóxico;
A Backer nega usar o dietilenoglicol na fabricação da cerveja;
A cervejaria foi interditada, precisou fazer recall e interromper as vendas de todos os lotes produzidos desde outubro;
Diretora da cervejaria disse que não sabe o que está acontecendo e pediu que clientes não consumam a cerveja.

Mortes
Até a última atualização desta reportagem, um caso de morte por intoxicação de dietilenoglicol havia sido confirmado em Minas Gerais, de acordo com a SES-MG. Paschoal Dermatini Filho tinha 55 anos e morreu em 7 de janeiro no Hospital Santa Casa de Misericórdia em Juiz de Fora, na Zona da Mata. Ele teve comprovada a substância no sangue.

A secretaria investiga outras cinco mortes por suspeita de contaminação no estado.

Um dos casos aconteceu em Pompéu, na Região Centro-Oeste do estado. Trata-se de uma mulher de 60 anos. Ela morreu de insuficiência renal no dia 28 de dezembro. O caso já havia sido notificado pela Secretaria Municipal da cidade e entrou no boletim da Secretaria de Estado da Saúde em 16 de janeiro.

Ao G1, familiares da vítima que não quiseram ser identificados relataram que a idosa esteve em viagem a Belo Horizonte entre 15 e 21 de dezembro e na cidade consumiu a cerveja da marca Belorizontina.

Ainda não há prazo para conclusão dos laudos referentes aos casos suspeitos.

Entrega de cervejas

O prazo para a entrega voluntária das cervejas Backer com lotes contaminados terminou nesta sexta-feira (7), informou a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

Em Belo Horizonte, até esta quinta-feira (6), 5,5 mil garrafas haviam sido recolhidas.

A SES-MG orientou que a população de Minas Gerais caso tenha cervejas de qualquer marca ou lote da Backer não a descarte em pias ou vasos sanitários, nem as coloque no lixo comum, pois outras pessoas podem pegar e consumir.

Imagem

Restante da Matéria em: https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/no ... rais.ghtml
Cristo vence, Cristo reina, Cristo impera.

Homens não são reféns das mulheres, mas reféns da própria libido.

Homem cafajeste merece mulher rodada. Ambos se completam.

Casamento nos moldes modernos é uma roleta russa, mas com todas as balas carregadas.
Avatar do Utilizador
Commodoro
Administrador
Administrador
Mensagens: 144
Registado: 01 nov 2019, 13:52
Italy

Re: Tópico da Cerveja

Mensagem por Commodoro » 13 fev 2020, 17:58

Cristo vence, Cristo reina, Cristo impera.

Homens não são reféns das mulheres, mas reféns da própria libido.

Homem cafajeste merece mulher rodada. Ambos se completam.

Casamento nos moldes modernos é uma roleta russa, mas com todas as balas carregadas.
Responder